Entrada

Companhia "Air 26" vai operar em rotas internacionais
Imprimir Email

Lubango - A companhia aérea privada angolana “Air 26” poderá, ainda este ano, operar em rotas internacionais, com prioridade para cidades africanas, anunciou quinta-feira, na cidade do Lubango, o seu administrador, Lourenço Duarte.

Ao falar a jornalistas para apresentar os mais novos serviços da companhia, o gestor revelou estar nas prioridades da empresa voos para Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e  Cabo Verde.Para o efeito, a companhia adquiriu duas novas aeronaves com 37 e 50 lugares, respectivamente.

Afirmou que é com este propósito que a empresa do grupo "Ducard Angola" adquiriu dois jactos da empresa brasileira Embraer, com vista dar resposta às necessidades do mercado, contando agora com uma frota de 10 aeronaves.

Além de rotas internacionais, o administrador da Air 26 anunciou igualmente voos para Ondjiva, Luena, Saurimo, Dundo e Menongue. A companhia já opera no Lubango (com um voo diário), Cabinda, Catumbela, Soyo e Luanda.

Anunciou ainda a implementação de um sistema de reservas, emissão de bilhetes e check-in on-line, no âmbito do cumprimento de um plano de modernização de todos sectores da companhia.

A Air 26 opera no país desde 2006.Criou até agora 500 postos de trabalho directos

Notícias

Cabinda e Zaire com novos chefes dos serviços provincial

Francisco Gomes Tchimbavo é o novo chefe dos serviços provincial do Conselho Nacional de Carregadores em Cabinda, em substituição de António Assunção da Conceição Luís, depois de ter desempenhado a mesma função no município do Soyo, no Zaire.

 

Os participantes no conselho consultivo do Ministério dos Transportes, realizado na cidade do Lobito, em Benguela, concluíram existirem estruturas de custo muito pesados e excedentes de mão-de-obra na maioria das empresas.

  

Com efeito, defendem investimentos fundamentais e imprescindíveis, com prioridade para a rede estabilizada informática (ERPS), gestão de sistema integrado, formação, transporte e infra-estrutura.