Notícias

De acordo com um recente relatório da consultora britânica Drewry, o transporte de contentores nas rotas marítimas Ásia-Mediterrâneo sofreu uma queda em 2017, ao passo que, em sentido contrário, tem vindo a denotar um aumento; face à redução de 3% no volume de contentores movimentados nas ligações Ásia-Mediterrâneo, as conexões no sentido inverso responderam com um crescimento homólogo de 16% nos dois primeiros meses de 2017.

A Rede Nacional de Plataformas Logísticas (RNPL) é parte integrante do  sistema logístico nacional, sendo uma das peças fundamentais do processo de crescimento económico e do desenvolvimento social, afirmou sexta-feira, 17 de Fevereiro, no Huambo, o ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás.

O governante informou que a RNPL interliga as diferentes vertentes da economia: produção, armazenamento, consolidação e distribuição dos produtos no mercado.

Observou que a generalidade dos países assume esta perspectiva na sua ordem legal, pois que a RNPL é também um factor incontornável de coesão económica, social e territorial.

Segundo o ministro, no caso da província do Huambo, podemos considerar as plataformas logísticas urbanas e regionais.